CLG/Sintufrj organiza doação de sangue no HU

Servidores na fila para a doação de sangue. Foto: Renan Silva

Servidores na fila para a doação de sangue. Foto: Renan Silva

“Dilma, valorize quem dá o sangue pela Educação.” Esse foi o mote do ato que se repetiu em universidades de todo país nesta quinta-feira, dia 15 de julho, Dia Nacional de Doação de Sangue convocado pela Fasubra.

Na UFRJ, o grupo de voluntários organizado pelo Comando Local de Greve do Sintufrj começou a se reunir desde as 8h em frente á portaria principal do Hospital Universitário e seguiu junto até o terceiro andar do prédio para a doação no Banco de Sangue do hospital.

Participaram da doação os coordenadores Francisco de Assis e Rafael Coletto e os militantes Eliezer Pereira (Instituto de Microbiologia), Genivaldo Santos (Horto), Carlos Pereira (ETU), Ivanez Pobel Júnior (Prefeitura), Joanna de Angelis (Instituto de Bioquímica Médica), Felipe Teles (Faculdade de Letras), Rafael da Silva Santos (CCMN).

Segundo integrantes do CLG/Sintufrj o incentivo à doação de sangue como atividade de mobilização da categoria deverá se repetir na próxima quarta-feira, dia 22.

Anúncios

‘Ebserh não é solução para os problemas dos hospitais’, diz Eduardo Côrtes

Dr. Eduardo Côrtes, diretor do HUCFF. Foto: Renan Silva

Dr. Eduardo Côrtes, diretor do HUCFF. Foto: Renan Silva

O diretor do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), Eduardo Côrtes participou do debate sobre os HUs que antecedeu à assembleia do dia 30. Ele expôs os graves problemas da unidade e as iniciativas adotadas para contornar a situação, como mobilizar a comunidade e a sociedade para que o hospital retome a sua condição de referência nacional.

Para o diretor, o grande objetivo de sua gestão está voltada para reerguer a unidade se concentra em uma reforma administrativa grande e em iniciativas políticas que vão além da UFRJ e chegam na sociedade. Durante o encontro com os servidores da UFRJ, Côrtes enfatizou que a entrada da Ebserh não irá salvar os hospitais federais. “A Ebserh não é solução para os problemas dos hospitais das universidades federais, que começaram quando o governo parou de orçamentá-los”, disse o diretor.

A matéria completa do debate sobre os hospitais universitários estará disponível na versão 1224 do Jornal do Sintufrj.