Docentes se unem aos técnicos-administrativos e aprovam greve

Docentes da UFRJ aprovam greve. Foto: Samuel Tosta/Divulgação

Docentes da UFRJ aprovam greve. Foto: Samuel Tosta/Divulgação

É oficial. Os professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro aprovaram o início da greve em assembleia geral nesta sexta-feira, 19. A paralisação terá início na próxima terça-feira, 23.

Durante a assembleia convocada pela Adufrj SSind, que contou com a presença de professores filiados ou não ao sindicato, foi aprovado o início da greve com 193 a favor e 167 votos contrários à paralisação. Agora os professores da UFRJ vão se unir aos servidores técnico-admnistrativos da instituição, em greve desde o dia 29 de maio. Os estudantes da entidade também aderiram à greve.


Quer saber tudo sobre a greve na UFRJ? Clique aqui

Anúncios

Categoria organiza a luta na UFRJ

Trabalhadores durante Assembleia. Foto: Renan Silva

Trabalhadores durante Assembleia. Foto: Renan Silva

A proposta de organização da greve apresentada pela direção do Sintufrj sofreu alguns acréscimos, mas respeitando as resoluções aprovadas anteriormente. A seguir, algumas das resoluções:

  • Aprovação dos nomes dos integrantes do Comando Local de Greve (CLG): quase 50 presentes se apresentaram, dentre os quais foram definidos os sete membros que representarão a UFRJ no Comando Nacional de Greve da Fasubra (CNG), a partir do dia 8, pelos 15 dias seguintes.
  • Toda direção eleita do Sintufrj e os atuais diretores Carmen Lucia e Francisco Carlos também compõem o CLG,  já com uma série de atividades de mobilização previstas desde o dia 3 (veja calendário).
  • A primeira reunião do CLG será na segunda-feira, dia 8, às 9h, no Espaço Cultural. O CLG se reunirá regularmente às segundas-feiras no mesmo local.
  • O CLG realizará reuniões nos locais de trabalho às quartas-feiras, quando for necessário. Serão realizadas assembleias gerais de greve todas às terças-feiras, às 10h30 (os locais serão avisados previamente), antecedidas por atividades de formação política a partir das 9h30. A próxima assembléia será na terça-feira, dia 9/6, no CT, às 10h, em primeira convocação, e às 10h30, com qualquer quórum.
  • O CLG realizará atos nas unidades isoladas e rotatividade de assembleias pelos outros campi.
  • Os presentes aprovaram os serviços essenciais nos hospitais e biotérios e operações-padrão da Vigilância.

Pauta interna

Além de elementos propostas pelo plenário, os itens do termo de acordo da última greve terão desdobramentos, que serão apresentados ao novo reitor, como a adoção do turno contínuo com jornada de 30 horas semanais, combate ao assédio moral,  Centro de Convivência e a valorização dos técnicos-administrativos em educação.

Fundo de Greve

A diretoria deverá apresentar o balanço dos gastos na última greve para balizar a decisão da categoria em relação ao percentual que será destinado ao fundo de greve. A decisão será tomada na assembleia de terça-feira, dia 9/6, no CT, às 10h, em primeira convocação, e às 10h30, com qualquer quórum.

Eixos

Foi ratificada a decisão da assembleia anterior de que a representação da UFRJ defenda, no Comando Nacional de Greve, que embora a pauta de reivindicações protocolada no governo seja ampla, os negociadores devem dar prioridade a seis eixos: aumento de 27,3%, estabelecimento de data-base, paridade entre ativos e aposentados, isonomia de benefícios, fim da Ebserh, aprimoramento da Carreira e encampação da luta dos terceirizados.

Vídeo: 2° dia do XXII Confasubra

Cartaz - XXII CONFASUBRA

Cartaz – XXII CONFASUBRA. Foto: Divulgação

Eleitos pelos trabalhadores da UFRJ durante a Assembleia Geral do dia 15 de Abril, no Auditório Quinhentão, no Centro de Ciências da Saúde, os delegados do Sintufrj estão em Poços de Caldas, em Minas Gerais, participando do Congresso da Federação dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (FASUBRA), que ocorre de 4 a 8 de maio na cidade mineira. O congresso, que reúne representes de sindicatos à educação, visa debater assuntos em comum aos trabalhadores federais de todos os estados brasileiros.

Veja ao vivo a transmissão do congresso: 

Por Daniel Outlander.