Greve na UFRJ continua por tempo indeterminado

Funcionários aprovam continuidade da greve. Foto: Renan Silva

Funcionários aprovam continuidade da greve. Foto: Renan Silva

Os servidores técnico-admnistrativos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), aprovaram, em assembleia realizada nesta terça-feira, 25,no hall da Reitoria, a continuidade da greve da categoria. Cerca de 400 funcionários participaram da assembleia que deliberou a continuidade da greve com uma quase unanimidade. Apenas uma abstenção foi registrada.

A assembleia deliberou que a não realizará as matrículas presenciais do Sisu, seguindo a deliberação proposta pelo Comando Nacional de Greve. Na próxima quinta-feira, 25, está previsto para acontecer uma reunião entre a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Adminstrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) e os Ministérios da Educação e Cultura (MEC) e de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

Marcha dos SPFs

No mesmo dia da resposta do governo técnicos-adminstrativos de todo o país estarão em Brasília participando da Marcha Nacional dos Servidores Públicos Federais (SPFs), em Brasília.

Governo tenta  engessar movimentos

Em resposta aos quase três meses de greve nas universidades federais em todo o país, o governo federal ameaça repassar a contribuição mensal recebida pelos sindicatos em educação de todo o país alegando problemas de regularização na Secretaria de Gestão Pública (Segep), resultado da fusão entre a Secretaria de Gestão (Seges) e parte da Secretaria de Recursos Humanos (SRH). Com essa ação, cerca de 18 sindicatos filiados à Fasubra ficarão sem receber os repasses no próximo mês, o que irá gerar problemas, desde o atraso no pagamento de seus funcionários, às contas de luz, água e telefone.

3 thoughts on “Greve na UFRJ continua por tempo indeterminado

  1. Senhores servidores, técnicos, e ou outras categorias.
    Trabalhei 40 anos em empresas privadas, sendo submetida às mais diversas formas de subserviência por ser empresas privadas. Nelas não faz greve, nelas não se cogita a palavra greve. Sabem por que? Porque no dia seguinte se é sumariamente demitido. Isso os senhores não teem conhecimento.? Há anos há escravidão em nosso pais. Os senhores, como são”concursados”, se acham no direito de brincar de trabalhar e ainda deixar alunos que precisam concluir os estudos ser submetidos aos seus caprichos. Fala sério. Vocês não teem direito de brincar com vidas. Tenham a dignidade de cumprir o seu dever. Quando fizeram concurso sabiam que não poderiam dar uma de deputados, vereadores. Banda podre do Brasil. Tomem vergonha e cumpram sua parte. Ao trabalho, corja de párias.

    • Sra. Maria Angela Locatelli, o direito de greve é regido pela Constituição Federal. Não estamos lutando por um “capricho”, mas sim pelo direito de um funcionalismo público de qualidade. Hoje os técnicos-administrativos estão cada vez mais qualificados e são se suma importância para o funcionamento da estrutura organizacional da universidade. Estamos justamente tentando cumprir o nosso dever, mas como fazê-lo se estamos com um rombo nas contas da UFRJ? Se o governo cortou R$ 7 bilhões da educação?
      A greve, por outro lado, demanda um esforço muito grande de trabalho físico, psicológico e gastos financeiros. Acordamos cedo, às vezes antes do sol nascer. Vamos a Brasilia, deixamos família, amigos e tudo mais para trás e isso não é um “capricho”, sabe? É muito triste saber que você tem essa concepção.
      Os trabalhadores de empresas privadas também fazem greve. Veja as metalúrgicas em todo o país e todos os ganhos que seus trabalhadores adquirem após muita luta. Se você nunca entrou em greve, nos desculpe, mas a culpa é do seu sindicato. Assédio moral é crime.

  2. Boa tarde. Gostaria que o órgão responsável sanasse uma duvida minha, caso seja possível. Com a deliberação da assembléia de não realização da matrícula presencial, os alunos que estão esperando por essa mesma, perderão o direito a vaga, ou ainda não há data para a realização de tal?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s